A mentira, tão utilizada em nossos dias, para se construir alguma coisa importante para nós, até que não descoberta por nossa vítima, ela – a mentira – prossegue pela vida e pela história.

4567864884878

Quando descoberta, nossa casa cai. Ficamos conhecidos como mentirosos, um adjetivo que não casa muito bem com quem diz ter caráter.

Uma pequenina mancha em nossa reputação, apesar de pequenina, ela estará lá pra sempre. Se parece como uma mancha de leopardo. Ao longo da vida se pararmos para observar, nossa pele se parecerá com um leopardo adulto. Todos verão –  por nossas próprias palavras – de longe quem somos.

Alguns são mentirosos enrustidos por algum tempo, mas com a frequência da prática, logo se pode ver o animal manchado que temos sido. Que decepção!

Paulo Matos Cruz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *