O Iran parece não reconhecer as mulheres como seres humanos.

Uma menina quis assistir uma partida de voleibol ocorrida em seu país, não poderia fazê-lo por força de lei, que diz que mulheres não podem fazer simplesmente, não podem.

dfgdfgdfdfdfs1

Foi presa e escorraçada pela “homarada” de seu país. motivo alegado pelas autoridades constituída. Elas não podem ser contaminadas pelas reações animalescas dos torcedores formados somente por homens.

Viu! A culpa da prisão é delas mesmas, pois são os homens que se comportam como animais irracionais durante as partidas de voleibol, e elas vão para a cadeia sob condenação de um tribunal totalmente masculino.

Desde 2012, o Iran proíbe as mulheres de torcerem por seus atletas (homens) nas partidas, pasmem – as jornalistas (mulheres) também não podem, entrar nos estádios, para cobrir os jogos.

A moça Ghavami, está aprisionada desde 20 junho deste ano. Agora ensaia fazer uma greve de fome para chamar a atenção de todo mundo, conseguiu!

Como louvo a Deus por ter nascido longe de lá. Aqui, tenho a liberdade de ir onde quero. Pelo menos por enquanto. Sabemos, que muito em breve as garantias de liberdades nos serão restritas, aí o bicho já começou a pegar né? Viva a liberdade!

Paulo Matos Cruz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá!
OBRIGADO POR NOS ACESSAR!
Queremos...
CONHECER VOCÊ!
Conecte-se...
COM JESUS E A SBN!
Suas informações são...
IMPORTANTES E PRIVATIVAS
GET IT NOW
500% MORE SUBSCRIBERS
EFFICIENCY
BOOST YOUR SALES
CREATIVITY
INSPIRE YOUR VISITORS
BE UNIQUE
CREATE UNIQUE POPUPS
Conectar