E, quando olhamos para o noticiário…

25 de Janeiro de 2019, o rompimento da barragem da mineradora Vale devastou cidades, poluiu rios e matou mais de 250 pessoas.

8 de Fevereiro, o incêndio em alojamentos improvisados do CT de futebol Flamengo matou 10 jovens.

13 de Março, 2 ex-alunos invadem uma escola estadual em Suzano-SP e atiram contra alunos e funcionários matando 10 pessoas.

30 de Maio, alunos revoltados em uma escola, depredam a sala de aula e agridem professora em Carapicuíba-SP.

 

31 Maio, a modelo Najila Trindade provoca um escândalo, cheio de reviravoltas e contradições, ao acusar o jogador de futebol Neymar de agressão e estupro, após um encontro em um hotel em Paris.

 

9 de Junho, um pai por não aceitar o namoro da filha com o jovem e ator Rafael, atira contra ele e seus pais e os mata.

 

Prédios desabam tragicamente em várias cidades:
12 Abril, 2 prédios na Muzema, Zona Oeste-RJ, 24 mortos
1 de Maio, Prédio Wilson Paes, Centro-SP, 9 mortos
15 de Outubro, Edifício Andrea, Fortaleza-CE, 9 mortos

Tragédias, tragédias… e estas são apenas algumas das tragédias ocorridas em nosso país, neste ano. O que dizer, além de lamentar? O que provocou isto? Quem é o responsável? Precisamos fazer justiça! Alguém tem que pagar por isto!

Na verdade, temos a sensação de que estamos desgovernados. À mercê de uma Governança absolutamente descontrolada.

Como é que isto começou?! Existe uma explicação?!

Sim. As respostas estão na Palavra. E aconteceram a partir do nosso coração.

Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.
Provérbios 4:23

O nosso coração é a porta. É através dele que começam os processos.

Deixa eu voltar um pouco no tempo, para ser mais didático.

Quando Deus criou tudo, deu ao homem um plano:

“Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.”
Genesis 1:26

As instruções eram claras sobre como deveríamos cuidar das pessoas, das coisas, da natureza e dos animais e eram compatíveis com as capacidades que Ele nos atribuiu:

“Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra.
Tu o fizeste dominar sobre as obras das tuas mãos; sob os seus pés tudo puseste…”
Salmos 8:5-6

A ideia original de Deus foi criar um lugar onde o homem pudesse habitar e governar. Mas, as nossas escolhas, baseadas na maldade que passou a reinar entre nós, tem corrompido a nossa visão do Plano de Deus.

Os nossos lares sofrem pela desgovernança, onde os pais e filhos deixaram de lado seus papeis. Desrespeito e violência permeiam o convívio familiar.  E os conflitos geram ódios e separações.

Ao invés de administrar e compartilhar as coisas que Deus nos entregou, acumulamos, transformamos elas em objetos de ostentação e orgulho. Vivemos cercados por coisas.

Somos escravizados por nossos dons em horas incessantes de trabalho para obter mais e mais coisas. Estamos cansados, exaustos.

O nosso tempo está cheio de coisas para fazer e nos ocupar. Olhamos para o relógio e o calendário e assistimos as horas e os dias nos consumindo sem prazer. Sempre falta tempo para o mais importante.

O dinheiro nunca é suficiente para atender nossos desejos e estamos sempre administrando dívidas. Sempre falta dinheiro para o mais importante.

Pode ser que em algum momento, ao se sentir cansado e incapaz de administrar seu lar, sua família, suas coisas, o trabalho, o dinheiro e o tempo, você pare para analisar o que errado em seu plano. E, talvez, não consiga responder esta pergunta: “O que está errado na minha vida?”

 

A resposta é uma palavra: desejos.

E isto começou, há muitos tempo, com nossos primeiros pais.

“Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também.”
Gênesis 3:6

Pode parecer irracional, mas Satanás conseguiu convencê-los de um desejo de ter mais do que já tinham, sendo que na verdade, eles já tinham tudo.

Eva sabia o princípio da governança que Deus lhe ensinara.

“… Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele.”
Genêsis 3:3

É o mesmo princípio que nos aprendemos na Palavra sobre a governança de nossa vida.

Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.
Provérbios 4:23

Os desejos serão sempre a nossa maior armadilha.

“Pois tudo o que há no mundo — o desejo da carne, o desejo dos olhos e a ostentação dos bens — não provém do Pai, mas do mundo.”
I João 2:16

 “Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne [desejos do corpo], a concupiscência dos olhos [desejos da alma] e a soberba da vida [desejos do espírito], não é do Pai, mas do mundo.”
I João 2:16

O melhor significado para concupiscência é: desejo descontrolado. E, existem 3 tipos de desejos:
Os desejos do corpo (a concupiscência da carne), os desejos da alma (concupiscência dos olhos) e os desejos do espírito (a soberba da vida).

Através dos desejos do corpo, Satanás pretendem nos corromper por meio da promiscuidade, da glutonaria, bebidas, drogas, etc. Através dos desejos da alma, ele corromperá nossa mente, nossos pensamentos, com a inveja, a cobiça, etc. E através dos desejos do espírito, ele nos levará à soberba, autossuficiência, egoísmo e todas as forma de negação de Deus.

Se permitirmos que a nossa vida se mova pelos desejos, a nossa vida será uma vida descontrolada, por que os desejos nos fazem perder a percepção espiritual do mundo.

Estamos diante de um problema e o próximo passo é acharmos a solução.

Eva esteve diante da tentação:
Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar (a concupiscência da carne), era atraente aos olhos (concupiscência dos olhos) e, além disso, desejável para dela se obter discernimento (a soberba da vida), tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também.”
Gênesis 3:6

E diante da tentação dos 3 tipos de desejos:
Os desejos do corpo (a árvore parecia agradável ao paladar),
os desejos da alma (atraente aos olhos),
e os desejos do espírito (obter discernimento),
ela “tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também”.

Assim, eles perderam.

Jesus veio para pagar o preço e nos resgatar. E, também, foi submetido à tentação dos desejos no deserto:
“… mande a esta pedra que se transforme em pão…”
“… o levou a um lugar alto e mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo…”
“… se você me adorar, tudo será seu…”
Lucas 4:1-13

E Ele respondeu:
“… Não só de pão…”
“… Adore somente ao Senhor…”
“… Não tentarás o Senhor…”
Lucas 4:1-13

Ele venceu.

Por isso, podemos dizer:
“… em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou…” Romanos 8:37

Temos um caminho para vitória por meio dEle:
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.
Provérbios 4:23

Este caminho envolve 3 passos:
[1] Se você não consegue se governar por dentro, será sempre escravo das coisas que estão fora.
– Comece cuidando dos desejos do seu corpo (a concupiscência da carne).

[2] O grande segredo não está no que você faz, mas no que você é.
– Cuide dos desejos da sua alma (concupiscência dos olhos).

[3] Deus criou Adão e Eva para um governo, um sacerdócio.
– Deus libertou seu povo do cativeiro egípcio para serem sacerdotes.
“… vocês serão para mim um reino de sacerdotes…” Êxodo 19:6
– Deus nos criou para sermos uma Família Sacerdotal
“Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.” 1 Pedro 2:9
– E cuide dos desejos do seu espírito (a soberba da vida).

Mas, o que nós temos feito:
Deus nos deu pessoas para cuidarmos, uma família para governar e nós…

– Nós violentamos

Deus nos deu coisas para nos sustentar, bens para administrar e nós…
– Nós saqueamos

Deus nos deu uma terra para produzir alimentos e nós…
– Nós desperdiçamos

Deus nos deu filhos para educarmos e nós…
– Nós não educamos, terceirizamos

Deus nos deu a natureza rica em animais para dominar e nós…
– Nós extinguimos

Deus nos deu a terra para produzir a fauna e a flora e nós…
– Nós destruímos

“Tu o fizeste um pouco menor do que os seres celestiais e o coroaste de glória e de honra.
Tu o fizeste dominar sobre as obras das tuas mãos; sob os seus pés tudo puseste…” Salmos 8:5-6

Governe e domine sobre todas as coisas que o Senhor colocar em suas mãos.
Não despreze. Não terceirize.

 Governe com liderança e influência, não haja por um domínio descontrolado usando de manipulação.
Construa valores dentro das pessoas.

Não se mova pelos seus desejos.
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida. Provérbios 4:23

 

– Jonas de Souza Netto *

(*) Baseado no Livro “Governando de dentro para fora” – Pr. Cleber Barros.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá!
OBRIGADO POR NOS ACESSAR!
Queremos...
CONHECER VOCÊ!
Conecte-se...
COM JESUS E A SBN!
Suas informações são...
IMPORTANTES E PRIVATIVAS
GET IT NOW
500% MORE SUBSCRIBERS
EFFICIENCY
BOOST YOUR SALES
CREATIVITY
INSPIRE YOUR VISITORS
BE UNIQUE
CREATE UNIQUE POPUPS
Conectar