Alguns teólogos desenvolveram, através de pesquisas históricas, uma datação dos eventos da Bíblia, permitindo a definição de uma cronologia para seus escritos. Isto foi possível, principalmente, pelos estudos de Frank R. Klassen.

asd

Assim podemos olhar para o Ministério de Jesus e visualizar o seu desenvolvimento numa linha de tempo – “Timeline” – e, podemos descobrir qual foi o ponto crucial – “Main Point” – de sua missão.

Estas etapas nos levará à um importante aprendizado sobre como evangelizar com o Mestre da Galileia:

[1] O ponto inicial aconteceu, possivelmente, em Outubro do ano 25dC quando João Batista O apresenta como o “Cordeiro de Deus”. Depois de ser batizado por João, o próprio Deus o apresenta: “Este é o meu Filho Amado em quem me agrado”. E Jesus parte para o deserto, por 40 dias, onde é tentado pelo Diabo.

[2] Quando Jesus retorna do deserto, e começa a chamar seus discípulos. Acontece o seu primeiro milagre nas bodas em Caná da Galileia.

[3] Jesus, então, parte com seus discípulos por várias cidades realizando milagres, curando e ensinando. A sua fama se espalha e uma multidão passa a segui-Lo.

[4] Muitos ficam maravilhados, enquanto alguns O rejeitam e uma, inevitável, perseguição se estabelece, formada por fariseus, saduceus e mestres da lei.

[5] Jesus se compadece da multidão por causa de seus sofrimentos e os alimenta não apenas com pães e peixes mas com palavras e “parábolas” de esperança na Vida Eterna.

Já se passaram quase 3 anos, estamos agora em Agosto do ano 28dC. Seus discípulos já viram e experimentaram coisas surpreendentes, conforme Ele prometeu quando os chamou.

Neste momento, aconteceu uma série de três fatos que julgo serem o ponto crucial – “Main Point” – de seu Ministério, conforme está relatado nos capítulos de Mateus 16, Marcos 8 e Lucas 9:

Primeiro: A identidade de Jesus

Jesus junta seus discípulos e lhes faz duas perguntas: “Quem o povo diz que eu sou?” e depois “Quem vocês dizem que eu sou? Nesta oportunidade, após a afirmação de Pedro: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”, Jesus deixa claro sua identidade e, a partir daquele momento, começou a revelar como seria a conclusão de seu Ministério, marcado pelo seu sofrimento, morte e ressurreição.

Segundo: O estabelecimento de Sua Igreja

Na sequência, Ele estabelece aquele que seria o marco inicial de Sua igreja e a missão dela. Naquele pequeno grupo discípulos toscos e rejeitados, Ele diz as palavras que ecoariam pelos séculos seguintes e que seriam a marca de uma luta que colocaria o mundo de cabeça para baixo: “… sobre esta pedra (Ele mesmo) edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não poderão vencê-la…”

Terceiro: A marca do Discípulo

Após os 3 anos com o Mestre, os discípulos que foram convidados para seu Ministério com um simples “venha e veja”, receberam uma instrução para o entendimento completo da missão que em breve Ele lhes entregaria: “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me…”

zczxc

O seu discipulado, também, tem uma “Timeline”. Em algum momento da sua história, Jesus lhe chamou para vir e ver. E, agora, Ele quer lhe entregar a instrução final para sua missão pessoal: “… negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me…”.

Este é o seu “Main Point” – Qual será a sua resposta!?

vbc

Ao final, Jesus prometeu aos seus discípulos: “… O Filho do homem virá na glória de seu Pai, com seus anjos, e então recompensará a cada um de acordo com o que tenha feito.”

– Jonas de Souza Netto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Olá!
OBRIGADO POR NOS ACESSAR!
Queremos...
CONHECER VOCÊ!
Conecte-se...
COM JESUS E A SBN!
Suas informações são...
IMPORTANTES E PRIVATIVAS
GET IT NOW
500% MORE SUBSCRIBERS
EFFICIENCY
BOOST YOUR SALES
CREATIVITY
INSPIRE YOUR VISITORS
BE UNIQUE
CREATE UNIQUE POPUPS
Conectar